Saiba tudo sobre limpeza em condomínios.

Todo mundo sabe que administrar um condomínio não é simples. Mas dentro de tudo o que requer a atenção do síndico e sua equipe, a limpeza é um dos itens mais importantes. Afinal, é uma das primeiras coisas percebidas pelos visitantes e, claro, também uma das primeiras a receber reclamações dos condôminos se não for bem feita. 

Por isso, preparamos aqui algumas dicas para manter a limpeza de seu condomínio sempre em dia:

Crie uma rotina – deixe claro que áreas são de responsabilidade do condomínio e a frequência necessária para a limpeza de cada uma. Geralmente, estas áreas incluem:

  • Saguão da portaria e elevadores/escadas;
  • Saunas, academias, piscinas e quadras;
  • Salão de festas;
  • Jardins e plantas.

Frequência da higienização – definida a rotina, é preciso criar um cronograma com a frequência em que estas áreas serão higienizadas: 

  • Diariamente – para as áreas que são mais utilizadas pelos moradores, como o hall de entrada, os elevadores e as escadas, que devem ter os pisos e superfícies sempre limpas. Os equipamentos da portaria (interfones, monitores e telefones) também entram na lista, assim como os objetos de decoração dessas áreas comuns (espelhos, quadros, vasos), para evitar o acúmulo de poeira. Por questões de higiene, banheiros, saunas, vestiários e academias também devem ser visitados pela equipe de limpeza todos os dias.

 

  • Semanalmente – aqui entram as quadras esportivas, os salões de jogos e de festas, a área da churrasqueira, o playground e a brinquedoteca. As áreas comuns dos andares, como escadas e corredores (e seus respectivos móveis e itens de decoração) devem passar por uma limpeza semanal. Essa também é a frequência indicada para a limpeza de piscinas, aparelhos de ar-condicionado, ventiladores, exaustores e higienização dos bebedouros.

 

  • Quinzenalmente – os pisos internos devem ser encerados e os pisos externos lavados com hidrojateadora. Também entram no cronograma as janelas, as portas e todos os vidros da portaria e das áreas comuns, sem deixar de lado as maçanetas e a parte interna das esquadrias metálicas.

 

  • Mensalmente – lavagem da garagem e das escadas de emergência. Grades e portões também devem ser devidamente limpos e as cortinas, persianas ou venezianas das áreas comuns devem ser lavadas.

 

  • Semestralmente – limpeza de estruturas, tubulações e demais superfícies altas. É o momento de agendar a inspeção e limpeza dos reservatórios de água.

 

Cuidado redobrado com o lixo – o lixo é uma das prioridades da limpeza, por isso é preciso colocar latas de lixo nos espaços comuns, separando por tipo de coleta (seletiva ou orgânica) e saber os dias que o lixeiro passa na região para evitar que o lixo fique acumulado. O síndico também deve informar os moradores sobre o horário limite para o descarte, evitando que ele seja colocado nas lixeiras depois que o caminhão de coleta já tiver passado. 

Tudo isso envolve a contratação de profissionais e a compra de equipamentos e, por isso mesmo, muitos condomínios optam por terceirizar esse serviço para empresa especializadas. É uma opção que pode trazer redução de custos, garantir o cumprimento dos prazos e a qualidade dos serviços.

A Jan-Pro possui o melhor serviço de limpeza comercial para seu condomínio. Conheça os serviços de limpeza da Jan-Pro: http://jan-pro.com.br/servicos/