Conheça os desafios da limpeza comercial

A limpeza de escritório pode parecer simples, mas a tarefa envolve muitos detalhes. Técnicas específicas e formalização dos procedimentos visando a rapidez, produtividade e qualidade nos processos.

Recomenda-se a contratação de uma empresa especializada em realizar este tipo de limpeza, com profissionais habilitados e capacitados para que no final seu escritório esteja limpo de forma satisfatória.

Para isso, separamos 7 desafios que devem ser quebrados para que esse ganho além de satisfatório também possa ser econômico.

  1. Manutenção diária do ambiente

Papéis no chão, sobre os móveis ou dentro de gavetas. É um hábito comum entre os escritórios. Isso cria um ambiente sujo e desagradável. Mantenha lixeiras próximas as estações de trabalho e não pense em misturar resíduos orgânicos com o lixo comum.

  1. Muito cuidado com carpetes e cortinas

São os maiores vilões de quem tem problemas respiratórios, porém estão sempre presentes em escritórios. O acúmulo de poeira é acentuado ao longo do tempo. Recomenda-se um aspirador de pó e que a higienização seja realizada a cada dois dias.

A limpeza destes itens é trabalhosa, por isso a atenção deve ser dobrada. O uso de produtos específicos e impermeabilizantes pode ser importante para evitar riscos à saúde.

  1. Água e seu uso correto

Água é um item indispensável para a limpeza, porém, cuidado com acidentes na hora de limpar pisos que podem se tornar escorregadios. Não deixe de utilizar as placas de atenção. Tome muito cuidado com fios e tomadas.

  1. Equipamentos eletrônicos

Uma grande quantidade de poeira é depositada nos equipamentos como computadores, impressoras e telefones. Pequenas frestas possibilitam a entrada no interior da máquina. A limpeza deve ser realizada visando o cuidado em não danificar o aparelho e para isso recomenda-se que eles estejam sempre desligados.

Não utilize água, álcool ou derivados que podem estragas as peças externas e internas. O mais indicado são os panos de microfibra.

  1. Área externa

A limpeza na área externa requer ainda mais profissionais capacitados e com maquinário específico, dependendo do tamanho da área eles podem racionalizar o uso dos materiais e gerar ganhos significativos na produtividade.

  1. Segurança em primeiro lugar

Embora a limpeza de escritórios pareça ser tarefa simples, os cuidados com a segurança para os profissionais que irão realizar atividades em área mais altas, como janelas e paredes, pode ser perigoso para a saúde e a integridade física. Não permita o improviso, exija materiais como escadas ou plataformas elevatórias apropriadas.

O tempo que o profissional fica exposto ao produto pode significar uma grande diferença na saúde.

Todo profissional deve utilizar os equipamentos de proteção individual (EPI’s).

  1. Normas da ANVISA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) elabora normas e regulamentações que têm como finalidade assegurar a proteção da população de um determinado ambiente, promovendo ações que reduzem os riscos à saúde.

Cabe a agência também realizar constantes vigilâncias sanitárias ao local.

Siga todos os procedimentos corretos e esteja sempre em contato com a empresa que realiza os serviços. O trabalho deve ser realizado em conjunto e uma forma de evitar problemas é contratar uma empresa especializada em limpeza e que contam com profissionais especializados. Não há empresa melhor do que a JAN-PRO para esse tipo de limpeza.

Artigos relacionados

Atualmente, não basta apenas adotar algumas práticas que visam proteger o meio ambiente, é necessário também utilizar a sustentabilidade como base da empresa já que,…

Saiba mais

A limpeza de escritório pode parecer simples, mas a tarefa envolve muitos detalhes. Técnicas específicas e formalização dos procedimentos visando a rapidez, produtividade e qualidade…

Saiba mais

Quando o setor de serviços apareceu no Brasil ele não se mostrou despreparado e acabou vindo para ficar. O mundo dos negócios acabou compreendendo a…

Saiba mais